Rai apresenta requerimento a Secretário de Educação

Rai apresenta requerimento a Secretário de Educação

Na manhã desta sexta-feira, dia 29, a vereadora Rai de Almeida (PT), esteve em audiência com João Marcos Tomaziello, secretário de educação do município de Piracicaba. Na pauta da reunião, antecipada pela secretaria a pedido da vereadora, propostas para a pasta e a questão da volta às aulas na cidade.

Apresentando ao secretário protocolo de requerimento no qual a vereadora solicita formalmente ao poder público explicações acerca do processo de retorno das atividades escolares, Rai de Almeida pode ainda argumentar acerca de outras questões que envolvem a estrutura das escolas, os cuidados com a comunidade escolar e as condições de trabalho dos servidores e das servidoras.

Volta às aulas

Sobre o retorno às aulas – suspenso liminarmente pela Justiça de São Paulo até o presente momento – o secretário afirmou e garantiu à vereadora que as escolas estarão devidamente estruturadas para receber os alunos e alunas quando a volta às aulas acontecer. Cobrado sobre a falta de EPIS para os servidores e nas escolas, João Marcos Tomaziello informou que todo o material necessário foi comprado e estará sendo entregue nas unidades escolares nos próximos dias – incluindo-se aí máscaras de vários tamanhos, jalecos e outros.

O secretário também garantiu à vereadora Rai de Almeida que os servidores com comorbidades, acima dos 60 anos ou positivados em teste para COVID-19 irão trabalhar fora da escola, em atividades de teletrabalho a serem feitas em casa – e terão todos os seus direitos e benefícios garantidos. Questionado pela vereadora se os pais que não quiserem que seus filhos retornem às escolas neste momento terão algum prejuízo, o secretário também afirmou que – nas fases laranja ou vermelha do Plano São Paulo – a volta às aulas é uma opção dos pais, não recaindo sobre os que fizerem essa opção qualquer tipo de represália ou perda de direitos, e esses pais não correm o risco de perder as vagas de seus filhos.

A vereadora lembrou ao secretário, ainda, que o processo que envolve a volta às aulas não passa apenas pela secretaria da educação – sendo, na verdade, uma questão muito mais centrada na pasta da saúde. Para Rai, cabe ao secretário da educação cobrar da secretaria da saúde uma posição segura a respeito dos riscos de se retornarem às atividades escolares neste momento. “Os prognósticos sobre a pandemia nos mostram que atingiremos o pior momento desta crise sanitária durante a semana do dia 6 de fevereiro. Por isso, não faz sentido arriscar a vida das pessoas envolvidas nas escolas – sejam os servidores, funcionários, pais e mesmo a das próprias crianças”. À vereadora, o secretário disse que aguardará as decisões da justiça sobre a liminar que impede a volta às aulas, estando a volta – portanto – temporariamente suspensa.

Reinvindicação das professoras e professores

Rai também apresentou ao secretário reinvindicações feitas a ela numa assembleia online envolvendo em torno de 80 professoras e professores, ocorrida na noite de quarta-feira, dia 27. Dentre essas reivindicações, Rai destacou ao secretário a necessidade de se repensar e se reestruturar o plano de carreira docente, a urgência de servidores públicos (para trabalharem com agentes de saúde, auxiliares de classe e outros), a proposição de um projeto pedagógico que viabilize o ensino de artes, a visitação a espaços de cultura, a formação de novas e modernas brinquedotecas e que se invista na ciência, no conhecimento, nas novas tecnologias e na cultura. Rai colocou também a necessidade de se reformar a escolas valendo-se dos trabalhadores da comunidade e de se comprar produtos e alimentos para a merenda escolar que venham dos produtores locais – fato que beneficiará ainda a economia local.

Rádio Educativa

Por fim, a vereadora também solicitou do secretário que a Rádio Educativa passe a cumprir, de fato e cada vez mais, o seu papel educativo na cidade. Para Rai, a Secretaria de Educação – em parceria com a Secretaria da Cultura – precisam urgentemente investir na Rádio Educativa a fim de se fazer dela uma rádio que possa recuperar o seu papel formador na cidade – e vise a formação da cidadania para democracia, contribuindo para que Piracicaba possa voltar a ser reconhecida como uma cidade educadora. “É preciso cuidar dessa rádio com carinho, conhecimento e respeito, levando ao ouvinte uma programação de excelência e que beneficie a cidade e os cidadãos como um todo. É hora de a Secretaria de Educação fazer de sua rádio uma rádio realmente educativa”, frisou Rai.   

2 thoughts on “Rai apresenta requerimento a Secretário de Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *