Artistas piracicabanos são contra edital local sem aval dos próprios artistas

Texto assinado por coletivo de artistas defende que edital seja discutido também e em especial com os artistas.

Nós, artistas piracicabanos, reunidos no dia 24 de setembro, estamos sugerindo que o prazo para as inscrições de projetos nos Editais da Lei Aldir Blanc seja de 30 dias – visto que a Semactur está propondo apenas 15 dias (os quais serão insuficientes para atender a demanda dos artistas da cidade, principalmente os artistas populares e dos bairros menos assistidos ao longo desses anos). Já temos informações de que outras cidades – como Mogi das Cruzes, Santa Bárbara D’Oeste e Araraquara – terão prazos maiores do que de Piracicaba.

Outro ponto importante a ser levado em consideração é que se faz necessário, segundo a lei e a regulamentação federal, que TODA A COMISSÃO (incluindo os representantes da sociedade civil e artistas) que foi instalada na cidade, por meio de decreto municipal, tenha conhecimento de toda a regulamentação e editais antes de aprová-los.

É importante lembrar que aprovamos, na mesma reunião de ontem, que não participaríamos de reunião hoje (dia 25 de setembro), por conta de impedimentos de membros da subcomissão – e por conta de essa reunião ter sido chamada de última hora.

O encaminhamento/sugestão que aqui fazemos é pra que essa reunião aconteça na segunda-feira (dia 28 de setembro). E que ela já seja agendada hoje, para que os nossos representantes possam se organizar.

Os artistas piracicabanos defendem os artistas piracicabanos.

Estamos juntos!


Texto enviado à redação do DE pelo coletivo de artistas piracicabanos.

Be the first to comment on "Artistas piracicabanos são contra edital local sem aval dos próprios artistas"

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*