Em bate-papo virtual sobre educação, Professor Adelino reuniu Nita Freire e Juliano Peroza

No último fim de semana, o professor e filósofo Adelino Francisco de Oliveira, pré-candidato à prefeitura de Piracicaba pelo PT (Partido dos Trabalhadores), recebeu na noite de sábado (29), em sua “mesa virtual”, o professor de filosofia do IFPR (Instituto Federal do Paraná), Juliano Peroza e a pedagoga, doutora em educação e viúva do educador Paulo Freire, Ana Maria Freire – mais conhecida como Nita Freire. O tema abordado na conversa, que até ontem (segunda-feira), tinha 1.300 visualizações, partiu da frase do patrono da educação brasileira: “Ensinar e aprender não podem dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria”.

Um dos questionamentos abordados pelo professor Adelino durante o bate-papo foi sobre “quais são os caminhos e como é possível pensar nos elementos de uma educação emancipadora, humanizadora e que forma para a cidadania política”.  Em uma das respostas, Nita criticou o descaso dos políticos. “Falta vontade política justamente porque a educação de Paulo está atrelada à política. Ele dizia: ‘Não sei se eu sou um educador político ou um político educador”, citou a companheira de Freire.

O professor Juliano destacou a importância do papel dos professores nesse caminho de formação. “Nós enquanto professores da educação básica temos essa responsabilidade de formar uma consciência cidadã, de formar jovens capazes de se posicionarem criticamente na sociedade, de participarem das decisões públicas”, disse. Em seu tempo de fala, o professor Adelino também expôs as suas ideias para a construção de uma educação mais humanizada.

“A educação passa por uma questão estrutural. Nós precisamos de bibliotecas, salas de aula, de todo o material. Nós precisamos fundamentalmente do corpo de educadores, não só os professores, mas todos os servidores da educação com essa condição de preparo. Eu acho que a educação não se restringe a relação professor-aluno. Ela extrapola quando compreendemos o espaço escolar. Eu tenho defendido que a escola precisa ter esse caráter interdisciplinar. Ela precisar ter a presença do pedagogo, do psicólogo e da assistente social em todas as unidades e, além disso, essa relação com o estudante, que é o sujeito fundamental de todo o processo”, destacou o professor.

Na conversa, que durou quase duas horas, Nita Freire também compartilhou momentos da vida de Paulo Freire, incluindo o momento em que o educador foi convidado pela então prefeita da cidade de São Paulo, Luiza Erundina, para assumir a gestão da SME (Secretaria Municipal de Educação), entre 1989 e 1991. A live está gravada e pode ser assistida na página do Professor Adelino no Facebook: http://facebook.com/profadelinooliveira

Be the first to comment on "Em bate-papo virtual sobre educação, Professor Adelino reuniu Nita Freire e Juliano Peroza"

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*