Nostro Senatori!

Fausto longo

Fizemos parte de uma infância feliz, pois fomos criados próximos a Vila Bach e vivemos sempre no centro da cidade. Dizem que a energia espalha do centro para os lados e tínhamos aqui perto de nosso habitat tudo que se poderia ter para fomentar uma infância: Biblioteca Municipal, sede da Banda União Operária, Campo do XV, a energia da Loja Maçônica, a União Espírita, a Escola Industrial (onde estudamos), o parque infantil, o Correio, as padarias Brasileira, Vosso Pão e a do Cássio Padovani (onde vivíamos momentos de gulodice e prazer) e o Largo de São Benedito (lugar de onde chegava e partia os ônibus para as redondezas). Tudo era motivo de festa para nós e por isso invoco uma fala oportuna do mestre Hermann Hesse: ”… vivemos debruçados tranquilos sobre nossas vidas, contemplamos serenas as estrelas que giram, respiramos o inverno do mundo sideral; fomos amigos do Dragão celeste: fria e imutável é nossa eterna essência, frígido e astral o nosso eterno riso”.

Como tantos outros, músicos, artistas, jornalistas, educadores e políticos (como Prudente de Moraes – o primeiro presidente civil do Brasil  -, Sud Menucci e outros políticos) que marcaram seu nome na história de nossa cidade, ocupando cargos de ministros, deputados, senadores, hoje a Noiva da Colina orgulha -se de ter um senador no parlamento Italiano! Eu, o “Faustinho Longo” e um grupo de meninos fizemos do centro da cidade o nosso mundo e, desde a infância, alguns foram marcando e ainda marcam seu lugar no espaço dessa querida cidade. Fausto já despontava entre nós como dono de um humor incomparável e de uma capacidade de colocar no papel toda sua verve humorística. Fizemos um programa na Rádio Educadora de Piracicaba, por dois anos, sob o comando de Moraes Sarmento (Postal Sonoro do Brasil). Juntos, como dizia minha falecida mãe, pintamos o sete. Mais tarde encontramos com Djalma de Lima, que veio acompanhá-lo por todos estes ano como Sancho Pança. Formamos um trio e ficamos compadres, como diz o caboclo, pois apadrinhamos nossos casamentos. E quis o destino que eu viesse ser professor de um de seus filhos. Assim, fomos estreitando nossos laços invisíveis de amizade e irmandade, embora trilhando cada um o seu caminho.

Empolgando e um pouco perdido nas recordações, eu não poderia deixar de saudá-lo como amigo piracicabano e como membro da comunidade italiana, pois para nós é honra saber que um ser humano como Fausto Guilherme Longo representa Piracicaba, o Brasil e os Italianos residentes em nossa terra. Auguri di tutti vostri amicci da Piracicaba! Che Dio te protega Caro Senatori.

 

DSC03608AAA

 

João Carlos Teixeira Gonçalves é professor nos Cursos de Comunicação da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) e Consultor de Marketing e Comunicação.



advertisement

Be the first to comment on "Nostro Senatori!"

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*