Pira Erudita! – Destaques

Piracicaba é clássica!

Dizem alguns músicos piracicabanos, em tom jocoso, que nem Berlim tem tantas orquestras como Piracicaba – ressalvando-se na piada, é claro, a qualidade incomensurável das orquestras germânicas.

No entanto, fato é que, contando-se nos dedos quantos grupos orquestrais atuam na cidade, precisamos das duas mãos para chegarmos a um arrazoado.

Todavia, a maioria desses grupos luta por conta própria para a manutenção de suas atividades musicais e pela continuidade de seus projetos junto à comunidade piracicabana – cabendo aqui, não sem certo atrevimento, a sugestão de que talvez fosse melhor que tais grupos se juntassem e unissem assim suas forças.

Em todo caso, o piracicabano pode orgulhar-se de ter – “a seu dispor” – belos espetáculos musicais produzidos, na cena independente, por “gente da terra” e para “gente da terra”.

Assim, destacamos algumas das importantes referências piracicabanas – apontadas pelos editores do Diário do Engenho – no campo da música clássica!

DESTAQUES DO DIÁRIO DO ENGENHO – CLÁSSICA!

Ernst e Cidinha Mahle

Dos 250 anos de Piracicaba, os últimos 60 são marcados pela atuação primorosa do casal Ernst e Cidinha Mahle na área do formação musical do piracicabano. Ninguém mais do que o casal Mahle pode ser realmente reconhecido pelo imenso trabalho que desenvolveu no campo da música clássica – trabalho esse desenvolvido sempre de maneira independente e sem maiores aportes do poder público ou mesmo de instituições privadas.

 

Inúmeros são os alunos que passaram pela então Escola de Música de Piracicaba – hoje Escola de Música Maestro Ernst Mahle, agora pertencente ao Instituto Educacional Piracicabano (IEP) – e que ganharam projeção tocando em grandes orquestras nacionais e internacionais.

 

Pioneiros na formação e educação musical do público piracicabano que, por 60 anos, pode apreciar a música de altíssimo nível oferecida pelos Mahle e pela EMPEM em concertos, récitas e outras apresentações memoráveis. Um dos importantes compositores do século XX, Ernst Mahle – e sua obra musical e pedagógica – é referência mundial a levar o nome da cidade sempre consigo.

 

Orquestra Filarmônica Jovem de Piracicaba – projeto Jovens Músicos!

O “Projeto Jovens Músicos,” idealizado pela Associação Amigos da Música de Piracicaba, é referência no interior do Estado de São Paulo. É realizado, diariamente, com o propósito de democratizar o acesso à educação musical de alto nível para crianças e jovens.
Além de oferecer aulas gratuitas, o Projeto Jovens Músicos engloba grupos artísticos e pedagógicos como a Orquestra Filarmônica Jovem de Piracicaba, o Quinteto de Metais, formado por professores e alunos em nível avançado, o Grupo de Metais e o Quarteto de Trompas, ambos formados por alunos, e a Orquestra Infanto-juvenil, formada por alunos iniciantes.
Com mais de 200 alunos (!), o projeto é realizado por meio de contribuições financeiras!
Orquestra de Câmara da Escola de Música de Piracicaba
Um dos mais antigos grupos de câmara da região ainda em atuação, a Orquestra de Câmara da Escola de Música Maestro Ernst Mahle passa hoje por uma reformulação e contempla oferecer a prática do exercício orquestral aos alunos e professores da EMPEM. Celeiro de grandes músicos, a orquestra – fundada pelo maestro Mahle – resiste bravamente e atua na cidade de maneira gratuita, levando ao público piracicabano o esforço sempre honesto de uma música feita com carinho e amor pelos alunos e professores da Escola.


advertisement

Be the first to comment on "Pira Erudita! – Destaques"

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*