Ocupação na Unimep continua

Alunos estão ocupando o hall de entrada do prédio da reitoria desde sexta-feira, dia 4. Movimento ganhou ainda mais força nesta manhã de segunda. 

Alunos da Universidade Metodista de Piracicaba, a Unimep, seguem ocupando o hall de entrada do prédio da reitoria da universidade. A mobilização – que une alunos, professores e funcionários da instituição – começou na sexta-feira, dia 4, pela manhã. Durante o final de semana, um grupo de alunos permaneceu ocupando o prédio central da Unimep.

Nesta segunda, dia 7, a movimentação ganhou ainda mais adesão – com a chegada dos alunos do período da manhã. Desde às 7h30, um grande número de pessoas participou de uma roda de conversa na qual a palavra foi aberta a todos – numa aula exemplar de exercício democrático. Vários alunos, professores e funcionários puderam expor como entendem a mobilização que reúne toda a comunidade acadêmica em torno de um mesmo ideal: a recuperação da autonomia universitária da Unimep junto à Rede Metodista de Ensino.

Alunos de diversos cursos fizeram também relatos muito precisos sobre como a Rede Metodista vem interferindo negativamente – e a distância – no funcionamento de seus cursos. Na mesma linha, o presidente da Adunimep (Associação de Docentes da Unimep) -professor Milton Schubert Souto – e um representante dos funcionários expuseram mais um pouco sobre as questões de ingerência que vem, via Rede Metodista – e segundo eles – minando o desempenho sempre responsável e de qualidade que foi um dos pilares da Unimep ao longo de tantos e tantos anos. Foram, então, relatados problemas de ordem geral no que diz respeito a aspectos administrativos e político-pedagógicos que – na visão deles – tiveram início a partir da inclusão da universidade à Rede Metodista de Ensino.

As aulas seguem suspensas em quase todos os cursos e boa parte dos corredores da universidade continuam bloqueados. Os próximos passos da mobilizavam serão dados ainda na noite desta segunda-feira, quando a assembleia de professores declarará ou não o início imediato da greve. Até lá, os manifestantes esperam um posicionamento da rede e também da reitoria diante da crise estabelecida.



advertisement

1 Comment on "Ocupação na Unimep continua"

  1. Parabéns alunos e docentes da UNIMEP. Sua luta em prol do não sucateamento sirva exemplo para as outras universidades que também estão sendo sucateadas.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.


*